VERSÍCULOS BÍBLICO

Apocalipse

domingo, 26 de maio de 2013

CURIOSIDADES BÍBLICAS

AS ESPÉCIES PRESERVADAS

De acordo com as fontes de informações tradicionais e científica, todas as espécies criadas por Deus, desde  a de tudo, se mantêm até hoje reproduzindo-se de acordo com as cópias originais. O grande problema, porém, apresentado pelos naturalistas, é, segundo este conceito, a impossibilidade de estas espécies terem sobrevivido ao Dilúvio, visto que, segundo eles, a Arca sera incapaz de agregá-los, isto é, não teria tal capacidade de agregar dentro de si dois e quatorze de cada espécie, respectivamente (Gn 7.1,2).

O doutor RUSSEL WALLACE em sua distribuição geográfica dos animais afirma ser possível. WALLACE  desaprova cientificamente qualquer cientista que inescrupulosamente advogue que a Arca em si não ter
ia tal capacidade para preservar cada espécie de acordo com cada cópia original. Vejamos:

Existem cerca de 1.700 espécie de mamíferos, 10.087 de aves, 987 de répteis e aproximadamente 100.000 de insetos.

As verdadeiras dimensões da Arca se acham matematicamente declaradas em Gênesis 6.15,16: '' E desta maneira farás: De trezentos côvados o comprimento da Arca, e de cinquenta côvados a sua largura, e de trinta côvados a sua altura. Farás na Arca uma janela, e de um côvado acabarás em cima; e a porta da Arca porás ao seu lado: far-lhe-ás andares baixos, segundos e terceiros.'' Em termos modernos teríamos as as seguintes dimensões: comprimento-150 metros; largura - 25 metros; altura - 15 metros. Isso tomando como base o côvado hebraico, que é de aproximadamente 50 centímetros, diferente, portanto, do côvado francês, que é de 66 centímetros. Existem porém, outras possíveis medidas, tais como: comprimento - 135 metros; largura - 22,5 metros; altura - 13,5 metros. Passarei agora, portanto, a analisar cada andar e depois deduziremos o significado do argumento

a. Mencionam-se três andares ou coberturas, tendo cada andar, deduzimos, 30 cm para o assoalho e temos 4,20 metros de altura. Multiplicando - se os 135 por 22,5, teremos 3.037 metros quadrados de superfície para cada andar sendo que a forma total é de 9.111 metros quadrados de área para toda a Arca.
Segundo a capacidade básica em que se calcula um navio moderno (500 quilos por metros quadrados), a Arca teria capacidade para 32.000 toneladas, podendo mesmo, em caso necessidade, atingir 42.000 toneladas.

b. Observemos portanto, agora, a acomodação de cada espécie de ser (com exceção dos peixes) dentro da Arca:

  • Primeiro andar: A Bíblia diz que entraram na Arca pelome nos dois exemplares de cada espécie e de algumas outras sete pares (Gn.7.1-3). Os mamíferos variam bastante de tamanho. O doutor Russell Wallace toma como base o gato doméstico e a girafa, etc, de modo que, faremos o cálculo sobre está base. Cada andar tinha 3.037 metros quadrados de área, isso porém, tomando as dimensões menores, de maneira que num só pavimento, digamos o primeiro, 3.400 animais teriam quase que um metro quadrado para as espécies menores, enquanto que as maires teriam em forma especial 3,22 por 4,20 metros de espaço cada um. 
Consideremos o tamanho médio que propomos, e esses espaços seriam mais que suficientes. Naturalmente, precisamos de lugar para depósito de mantimentos; mas lembremo -nos de que resta bastante espaço acima dos animais, e esse  resto dos 4,20 metros de altura pôde ser usado para pôr forragem.
  • Segundo andar: O segundo andar deixaremos para os insetos e os repteis bem como para seu alimento. Nesse espaço de 3.037 metros quadrados temos que abrigar 200.000 insetos, e 1.974 repteis. Os insetos, naturalmente, são muito pequenos, e os repteis, na média, não ão grandes, pois predominam as espécies menores. O calculo mostra - nos que temos cerca de 150 centímetros quadrados para cada um. Isto, sem dúvida, provê espaço mais que suficiente para cada um.
  • Terceiro andar: Resta ainda todo o andar superior, o terceiro, para Noé e sua família, de sete membros, juntamente com 20.174 aves para lhes fazerem música. A vezes são, na média, pequenas, pois, como no caso dos insetos e repteis, predominam as espécies menores, mas poderemos conceder 1.350 quadros a cada uma, e assim mesmo as maiores terão bastante lugar. Assim, portanto, fica evidenciado que todas as espécies de seres vivos (com exceção dos peixes): homem, animais, repteis e insetos, não são processo de uma evolução, e sim de uma criação e preservação natural do próprio CRIADOR (Gn.1.20-22;Sl.148.510)

6 comentários:

  1. Boa postagem, caro Junio! Excelente análise sobre as espécies preservadas por Noé, quando do Dilúvio.
    Deus o abençoe!!!

    ResponderExcluir
  2. amém irmão muito obrigado pelo comentário!!!

    ResponderExcluir
  3. deseja ter mais visitas em seu blog estou trabalhando com gerenciamento de trafego mais informações no blog http://trabalhodisponivel.blogspot.com

    veja também as visitas que tenho no meu blog
    http://andaremcristo.blogspot.com e neste outro que já estou fazendo campanhas http://artesuspensas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Curiosidade interessante Junio, não lido algo parecido. COm sua permissão farei ctrl C pra pôr em meus documentos ok?

    Fique na paz !

    www.ezequiel-domingues.blogspot.com
    Ezequiel Domingues dos Santos

    ResponderExcluir
  5. Amém irmão fica em paz!!!
    E muito obrigado pelo comentário

    ResponderExcluir
  6. Olá!!
    Voce gostaria de ganhar uma renda extra trabalhando com seu blog 1h por dia no seu computador?
    Não trata de vendas e nem de indicar pessoas
    Acesse nosso site: http://ganhosweb.com ou envei email para suporte@ganhosweb.com

    ResponderExcluir